21 ºC
Programa Aurora Pampeana Programa Encerramento
AO VIVO

25/01/18

11 dores ligadas ao seu estado emocional

Por Psicólogo Lucas Lüdtke









Você já parou para pensar se aquela dor nas costas ou a dor de cabeça persistente possa ter origem no seu estado emocional? Sim, isso é possível acontecer, a parte física e a emocional não estão desassociadas uma da outra – o que afeta o corpo mexe na emoção, o que afeta a emoção, mexe no corpo. A dor funciona como um mecanismo do corpo para passar uma mensagem, mostrar que algo não vai bem.
    Na presença do estresse, os músculos ficam tensos, causando dores específicas. A tensão, por sua vez, aumenta o cortisol no sangue, alterando o ritmo cardíaco.  O processo inflamatório causado por fatores emocionais está relacionado a alterações hormonais e erro de postura, enquanto que no outro caso pós-traumático ocorre uma resposta fisiológica do organismo ao dano tecidual ou alguma outra situação, como infecção. Esse envolve células do sistema imune, levando a vasodilatação como resposta vascular, aumento da permeabilidade vascular levando à edema, aumento da pressão do tecido causando dor.
    A região cervical, torácica e principalmente a lombar são as mais afetadas. Isso se dá porque a coluna é responsável pela sustentação do corpo e por isso as costas acabam recebendo uma carga maior em situações de estresse e alterações do emocional. A tensão emocional pode ser provocada pelos mais diversos âmbitos da vida, como trabalho, casamento, família, entre outros. Confira algumas dores mais comuns causadas por estresse e tensão emocional:

1. Dor de cabeça
2. Dor no pescoço/nuca
3. Dor nos ombros
4. Dor nas costas
5. Dor na lombar
6. Dor nas mãos
7. Dor nas articulações
8. Dor muscular
9. Dor de estômago
10. Dor nos quadris
11. Dor nos joelhos

    A terapia desse tipo de dor deve contar com uma abordagem multidisciplinar, que pode incluir médico, psicólogo, fisioterapeuta, educador físico, além de outros profissionais. O tratamento medicamentoso inclui analgésicos e anti-inflamatórios, ‘antidepressivos’ (que na verdade seriam melhor denominados como moduladores de serotonina e noradrenalina), anticonvulsivantes e opióides. A atividade física é um fator essencial para a recuperação. A terapia em geral visa a adaptação e aceitação do quadro, e enfrentamento dos medos relacionados a atividade, retorno ao trabalho, bem como a sensação de culpa e inadequação.





Rádio


Contato
Institucional
Equipe
Programação
logo

desenvolvimento Universo Web

Conteúdo


Áudios
Colunas
Galeria de fotos
Notícias



×

Daniel Martins

Aurora Pampeana - com Daniel Martins
Hora de início: 05h 00min
Hora de término: 07h 00min

Rádio

Encerramento - com Rádio
Hora de início: 00h 01min
Hora de término: 05h 59min
Voltar